Teresa Adão da Fonseca nasceu no Porto em 1987, vive e trabalha entre o Porto e Lisboa. Tem o seu Atelier no complexo artístico das Galerias Comerciais Mota Galiza ,no Porto. Neste momento está a terminar a sua tese em Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

Durante alguns anos esteve fora e viveu em diferentes países. Viajou, estudou e realizou residências artísticas em Paris (Fr), Barcelona (Es), Sydney (Au), Red Center (Au) e Lisboa (Pt). A diversidade destas experiências permitiu-lhe reunir inspirações que integra no seu trabalho como artista multidisciplinar.

Colaborou em projectos de investigação com materiais orgânicos e sustentáveis o que lhe suscitou uma enorme curiosidade e apetência pelo aprofundamento de conhecimentos de técnicas ancestrais e sobre aquilo que a natureza nos oferece. Olha para o mundo com uma poética muito própria. A Teresa é mãe e o seu trabalho espelha uma busca constante por espaços fecundos e femininos, de encontro com gestos que reflectem sobre o amor, o tempo e a verdade. Um retorno às origens em busca do nosso Ser mais íntimo, numa aproximação da natureza e daquilo que é mais belo e puro. 

Para além da sua actividade dentro do atelier, acredita na força do trabalho colaborativo e comunitário promovendo-o através de iniciativas colaborativas e projectos educativos, sociais e interactivos. Deu aulas em colégios durante alguns anos, criou O Atelier Pinta com Pinta e colaborou em várias propostas artísticas.
Co-criou o Projectos em Colectivo que acaba de receber pela proposta “Ser em Colectivo” uma bolsa do Programa de Apoio da DGARTES - Arte e Reinserção Social, da qual é directora artistica . Projecto que promove a sensibilização para as artes através da expressão artística e movimento corporal em Estabelecimentos Prisionais.

Tem participado em várias exposições com o seu trabalho. Entre as participações destaca-se em 2021, a exposição Mar Fundo no Espaço Harmonia (Porto) com a curadoria de Mariana Krug. A participação na Bienal de Espinho 2021 onde foi destacada pelo júri com a Menção Honrosa. A participação na exposição na Zet Gallery (Braga), Deux ou Trois Choses Que Je Sais d’Elle, com curadoria de Helena Mendes Pereira. Selecionada para o Prémio Árvore das Virtudes 2021, Cooperativa Árvore (Porto). Participação no mural Ser Mulher, Ser Artista a convite da Zet Gallery, mural de azulejos cerâmicos para o espaço público em Braga. 
Em 2020 destaca-se a participação com seu trabalho no Via Aberta (Aartes, Porto) com curadoria de Sylvia Chivaratanond e Carlos Pinto. A exposição de Pintura integrada no Mestrado em Artes Plásticas, Museu da FBAUP (Porto) e a participação na residência artística Descongelar com projecto selecionado e exposto no Jardim da Fbaup.
Fez a sua primeira mostra individual em 2019, intitulada Eternal Journey, no Espaço Álvares Cabral (Porto), e participou no Via Aberta, Sonho de uma noite de verão, curadoria Rita Roque no Centro Comercial Mota Galiza (Aartes, Porto). Em 2017 destaca-se a exposição de pintura e escultura “Escalas Desejantes” no Museu Nacional de História Natural e da Ciência (MUHNAC,Lisboa) e fez parte da exposição final dos artistas residentes da MArte na Casa Museu Medeiros e Almeida (Lisboa). Em 2016 integra na exposição Cada Artista no seu Tijolo no Silo-Espaço Cultural (Porto). Em 2015, fez parte do M16 Art Space, Austrália, onde expôs e iniciou as suas primeiras colaborações em vários projectos sobre investigação de materiais e pigmentos naturais.







ABOUT Teresa TAF

Born and raised in the city of Porto, splits her time between Porto and Lisboa.
Currently finishing MA in Fine Arts at the Faculty of Fine Arts of the University of Porto, FBAUP. 
Made art residences in different cities (Paris, Barcelona, Sidney, Brisbane, Lisboa) and collected inspirations for her work which appear in her activity as a multidiscipline artist
A believer in communitarian and collaborative work, promoting it through educational, social, urban and interactive projects. Within this scope, started the Pinta com Pinta studio and a Co-Founder of Projectos em Colectivo. The latter runs a project “Ser em Colectivo” , whitch is the Art Director and that promotes art through music, fine arts and body movement in Prisons, and was recently awarded a grant by the Programa de Apoio em Parceria – Arte e Reinserção Social, DGARTES.
Her work has been featured in several galleries and different venueus.




Teresa Adão da Fonseca . TAF

- Sobre

︎  tafteresa.taf@gmail.com

︎  @tafteresa_taf